Abertas inscrições para curso gratuito de Programador Web via Pronatec no IFSC Câmpus Florianópolis

ProgWebIFSCFlorianopolisEstão abertas as inscrições para o curso Programador Web via Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego no Câmpus Florianópolis do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). O aluno recebe auxílio-transporte, auxílio-lanche e material didático gratuitamente.

O curso começa dia 25 de novembro e há 20 vagas, com aulas de terça a quinta, das 18h30min às 22h30min. O término está previsto para maio de 2015. A idade miníma é de 16 anos e é preciso estar cursando ou ter cursado o Ensino Médio. É necessária também experiência no uso de computadores.

O objetivo do curso é capacitar o aluno a projetar, testar e realizar manutenção em websites, permitindo que a pessoa tenha condições de desenvolver competências profissionais para atuar na área de desenvolvimento web.

As inscrições podem ser feitas nos Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ou no setor de Pronatec do IFSC Câmpus Florianópolis (Avenida Mauro Ramos, 950). Informações pelo telefone (48) 3221-0579.

Com informações de Assessoria de Comunicação, Marketing e Ouvidoria IFSC Câmpus Florianópolis – Conceição Garcia Martins / Sabrina Brognoli d’Aquino

Santa Catarina recebe programa de aceleração corporativa inédito no estado

InoveSeniorEmpresas de base tecnológica que buscam apoio para desenvolvimento e colocação no mercado contam com uma oportunidade inédita em Santa Catarina: o programa de aceleração corporativa Inove Senior. Idealizado pela Senior, uma das maiores fabricantes de sistemas de gestão do Brasil, o programa irá selecionar até 10 ideias inovadoras relacionadas a conceitos como mobilidade, cloud computing, Big Data e Internet das Coisas, para serem desenvolvidas no período de nove meses – média de tempo superior aos programas de aceleração tradicionais. O processo seletivo está aberto até o dia 10 de fevereiro de 2015 e as inscrições podem ser feitas no site http://www.inovesenior.com.br/

Apesar de já ser difundido no exterior, com exemplos emblemáticos como Samsung Accelerator e Microsoft Accelerators, o conceito de aceleradora corporativa ainda é recente no Brasil. De acordo com o coordenador do Inove Senior, Alexander Prado, trata-se de uma oportunidade singular para as empresas nascentes que buscam não só apoio financeiro, mas também crescimento orgânico. “A aceleração corporativa prevê uma troca. Enquanto a startup desenvolve uma solução que poderá agregar valor à empresa que está apoiando a ideia ou até mesmo abrir um novo nicho de atuação, fomentando a inovação, a empresa já consolidada facilita o acesso à escala, infraestrutura, conhecimento e relações de mercado já estabelecidas”, explica.

Os projetos selecionados pela Inove Senior receberão aporte inicial de R$ 40 mil cada e as empresas ficarão sediadas em Florianópolis. Após os nove meses de aceleração, as startups que demonstrarem alto potencial de crescimento e valor de mercado estimado de R$ 1 milhão vão receber um aporte adicional de R$ 200 mil da Senior.

O Inove Senior é um programa de aceleração de startups que oferecerá aporte, know-how e  acesso ao mercado para até 10 ideias inovadoras nas áreas de software e aplicativos para que se desenvolvam e atinjam valor de R$ 1 milhão em até 9 meses. As inscrições podem ser feitas até 10 de fevereiro de 2015 pelo site www.inovesenior.com.br e a inciativa é da Senior, uma das maiores fabricantes brasileiras de sistemas para gestão empresarial.

Vídeo-convite para inscrição no programa:
https://www.youtube.com/watch?v=rBL3nCSobIk

Com informações de Formidia

Potencial transformador da arte nos games é tema de livro que será lançado em Florianópolis

A união entre duas paixões – a arte e os games – motivou o diretor de criação e bacharel em Artes Cênicas pela Unicamp, Nei Pelizzon, a adotar as duas áreas como objeto de estudo. Diante da ideia de que os jogos de vídeo game podem ser considerados arte, porém nem todos são obras-primas, nasceu o livro “Arte dos Games – 81 razões artísticas para jogar sem culpa”. A publicação, contemplada pelo edital Elisabete Anderle, da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), será lançada no dia 28 de novembro, a partir das 19h, na Livraria Catarinense do Shopping Beira Mar, em Florianópolis. A primeira edição da obra, editada pela Pandion Editora, terá 500 exemplares para serem distribuídos gratuitamente e quem participar do evento de lançamento ganhará um livro autografado.

Pelizzon pretende estimular o debate entre diversos atores da área, como gamers e amantes dos jogos, artistas, jogadores iniciantes, jornalistas e formadores de opinião, sobre a arte no contexto do desenvolvimento de games. O autor acredita que os games podem ser um instrumento útil ao desenvolvimento da sociedade, assim como as demais expressões artísticas, mas sem perder o seu propósito fundamental: a diversão. “O desafio é promover a aproximação e a troca de experiências e conhecimento entre agentes das duas áreas, para que cada vez mais haja jogos que não só nos entretenham, mas que também nos toquem e nos transformem”, provoca.

Segundo o escritor, os games são produtos artísticos e de entretenimento relativamente recentes, criados há menos de 50 anos e, portanto, ainda têm muito a avançar. “Penso que os jogos podem ser a porta de entrada para a arte, assim como o próprio cinema já é, mas sob um contexto bastante singular, sobretudo, por conta do potencial de storytelling e de imersão do jogador”, afirma. De acordo com Pelizzon, no contexto dos games, a arte é capaz de ampliar as possibilidades de imersão, podendo provocar emoções e até mesmo a transformação psicossocial do indivíduo que joga.

Jogo sem culpa

A obra “Arte dos Games – 81 razões artísticas para jogar sem culpa” traz uma retrospectiva histórica dos jogos, em geral, e dos vídeo games, e a relacionada a aspectos sociais, econômicos e filosóficos. Apresenta as características de cada fase das gerações de gamers, a influência dos avanços tecnológicos e os tipos de jogadores. Paralelamente, o autor aborda conceitos artísticos e sobre como a assimilação dos diferentes tipos de arte pode ser favorecida, quando aliada à diversão e à tecnologia. Por meio de uma linguagem  descontraída, semelhante a dos jogos, o autor também aborda temas polêmicos, como vicio em games e a arte contemporânea. “Com bom humor, pretendo incentivar a reflexão sobre o que temos produzido em relação à arte nos jogos e como podemos ir além, ao fortalecer a conexão entre as duas áreas”, explica Pelizzon.

O projeto Arte dos Games nasceu em 2009, para provar que games podem ser classificados, já que alguns títulos se propõem a modificar a visão de mundo dos seus jogadores e até questionar valores. Inicialmente, a temática seria tratada por meio de audiovisual, mas a pesquisa propiciou a produção de um livro. Atualmente, Pelizzon também promove o tema por meio de palestras em escolas e universidades, e ainda na página oficial do projeto, onde gamers podem compartilhar suas visões sobre o assunto.

capa.site

SERVIÇO
Lançamento do livro “Arte dos Games – 81 razões artísticas para jogar sem culpa”
Data: sexta-feira, 28 de novembro
Horário: 19h
Local: Livraria Catarinense do Shopping Beira Mar (Rua Bocaiúva, 2.468 – Centro / Piso Sambaqui – L1, SUC 129/130)
Florianópolis / SC
http://artedosgames.com.br/
https://www.facebook.com/ArteDosGames

Com informações de Formidia